Blog

22 De junho de 2018

Nenhum comentário


Crenças limitantes: quando precisamos mudá-las!

Crenças Limitantes

Você é o que você faz! Isso é fato. Seja em casa, no trabalho, nos esportes, no trânsito. Ou em qualquer outro lugar. Você é o que você faz!  Você sempre será julgado pelas suas atitudes.

Por isso, antes de sair de casa, antes de iniciar um novo dia de trabalho, antes de começar uma nova jornada.  Questione-se: o que eu quero ser? Quem eu sou? O que eu tenho sido?

O empregado a ser promovido ou o próximo a ser demitido?
O ser humano que inspira ou aquele que vive às margens dos outros?
Aquele que vai enfrentar  o preconceito ou aquele que  se cala com o sofrimento?
O eleitor que cobra as promessa recebidas ou aquele que nunca questiona?
O novo vencedor ou o perdedor conformado?
A pessoa que vai enfrentar o bullying ou o que vai apenas aceitá-lo?

São os nossos comportamentos que irão nos moldando, nos transformando no que somos. No entanto, somos capazes de nos observar e identificar o que não pertence a nós. Logo em seguida, começamos a perceber que estamos presos em tantas crenças que “apenas tenho sido o que sou” e não “quem eu sou”.

Fica muito mais complicado chegar no “o que eu quero ser”. No que eu quero me tornar. Ou seja, posso ser uma pessoa desistimulada, mas quero mudar. Quero me tornar uma pessoa mais otimista, motivada e com ânimo.

Atitudes que nos transformam

Se você reparar, em toda esquina, em cada corredor de trabalho, em cada sinal que você para, tem sempre alguém lhe observando.Elesestão lá, esperando o seu próximo passo, o seu próximo gesto. Então, seja você mesmo. Deixe sua essência falar mais alto. Antes de nos tornarmos adultos vivíamos um mundo de sonhos, de amor e cumplicidade. E então, por que agora, sou diferente? Mudou algo?

Portanto, se puder ser gentil, seja!
Se puder fazer aquele “algo a mais” no emprego, faça! Não espere o pedido.
Se puder saltar meio centímetro mais alto, arrisque.
Se pode tentou vária vezes, tente de novo!
Se pode fazer algo novo, siga em frente e faça!

Se acredita que pode mudar o rumo de um país, espalhe essa ideia.
O que você faz é o que todos vão carregar na lembrança.
É o que vai estar estampado no seu rosto, carimbado no seu currículo.

O que você faz é o seu DNA.
Pequena, média ou grande.
Cada ideia, cada atitude, cada mudança que você cria.
Tudo isso o promove e vão estar vinculadas a você.

Comece: dê o primeiro passo

Portanto, hoje é o seu dia!Antes do primeiro café. Antes vestir a sua farda. O seu uniforme. Antes de abrir a porta de casa, questione-se:

Quem eu sou?
Quem eu tenho sido?
O que eu quero ser?

Porque seja lá qual for o seu desejo, ele só será realizado através dos seus próprios méritos. Suas obras somente serão construídas a partir de cada um dos seus atos. Tijolo por tijolo.Consequentemente, os frutos colhidos irão ser os melhores.

Contudo, nao desista numa primeira recaída. Elas acontecem. Mas, precisamos ter consciência que é um processo de crescimento pessoal. Sendo assim, ninguém poderá fazer nada por nós, a não ser nós mesmos. Agarre-se a sua resiliência. Seja forte e determinado. A trajetória será contínua, pois crescimento pessoal é eterno. É uma obra divina!

Alguns exemplos de Crenças Limitantes

Crenças hereditárias: são referências que o nosso cerebro se apega, acreditando que são verdadeiras, por terem vindo de nossos pais. Além disso, podemos de certo modo, dizer que são registros de nossa vida amorosa, também.

Crenças sociais: São crenças que vemos pela televisão, rádio, internet, pela sociedade de um modo geral. São crenças que dizem respeito a estética, as condições financeiras, ao comportamento.

Crenças pessoais: São as crenças criadas por nós mesmos, através da nossa experiência individual nas nossas relações.

Vissndo clarear um pouco sobre as crenças que apresentei acima, vou citar algumas frases bem comum. Por exemplo:

Nunca vou conseguir dinheiro suficiente;
Não tenho dinheiro para nada;
Não tenho tempo para nada;
Não sou bom o suficiente;
Não consigo resolver;
Não consigo aprender isso;
Nunca vou conseguir alcançar meus objetivos;
Nunca vou ter o emprego dos meus sonhos;
Não consigo me organizar;
Eu não mereço sucesso;
Não posso ser feliz;
Se relacionar é perigoso;
Sou muito velho para isso;
É melhor dar do que receber;
Sem trabalho duro não se consegue nada;
Sou assim porque não tive recursos;
Sou pobre e não terei a vida que tanto sonho;
Tudo é muito difícil para mim;
Não é possível viver assim;
Todos são contra mim;
Ninguém me quer;
Todo mundo me evita;
Sou sozinho nesse mundo;
sou assim por causa..;

Tenha forças para romper com as crenças limitantes

Se você tem o hábito de usar frases como essas, é melhor mudar o discursso. Posto que, somente através de uma resignificação, isto é, dar um novo significado é que conseguimos acabar com essa crença. A medida que paramos de usar essas frases ou palavras negativas, elas deixam de “lembrar” o nosso cerebro que somos algo daquilo. E assim, conseguimos mudar nosso comportamento, trazendo novos comportamentos. Porém, comportamento positivos.

Portanto, lembre-se: você é aquilo, que você faz!
Você é o espelho da sua essência.

 


Tags:

Deixe seu comentário


Clientes