deivison-Site-Logo

Qual o perfil ideal para superar as mudanças?

O mundo está mudando. E cada vez mais rápido. Há alguns anos, nós não tínhamos WI-Fi, serviços de Streaming, Smartphones, Aplicativos e uma gama de outras tecnologias que são essenciais para a nossa vida atualmente.

Porém, embora o ser humano naturalmente goste do produto gerado por algumas mudanças, ele também odeia passar por esse tipo de fase, porque ela o incomoda. Poucas pessoas gostam de começar algo do zero novamente.

Mas, são as mudanças que criam o ambiente de maior oportunidade para quem deseja crescer. Se tudo permanecesse da mesma forma para todo o sempre, ninguém teria condições de transformar a própria realidade e, sinceramente, não poderia haver uma prisão maior do que essa.

Imagina viver para sempre da mesma forma, sem mudar nada?

É por conta disso que Flávio Augusto, bilionário brasileiro fundador da WiseUP, costuma dizer que o melhor período para crescer é durante a crise. Afinal, quando tudo muda, as cartas do jogo são distribuídas novamente e as mudanças podem começar a ocorrer.

Assim, alguns utilizam esses momentos de mudança como uma oportunidade para dar o primeiro passo para conseguir o que tanto desejam.

Todos nós somos capazes de lidar com grandes mudanças

É comum encontrar pessoas que não acreditam serem capazes de lidar com grandes mudanças. Isso é algo perfeitamente compreensível. Afinal, essas pessoas acabam sendo moldadas porque ao longo de anos e anos permanecem presas na mesma realidade. E acreditam tanto que não podem mudar que isso acaba tornando-se uma crença limitante. Sendo assim, qualquer sinal de mudança costuma ser encarado com um pé atrás, desconfiança e até incômodo.

O problema é que isso as colocam em uma zona de conforto, na qual passam a viver como meros coadjuvantes da sua própria vida. Figurativamente, parecem folhas secas largadas ao vento, sem rumo ou direção, agindo de acordo com aquilo que acontece.

Por se sentirem incapazes de moldar seus próprios caminhos e acreditarem piamente que estão onde estão por um acaso do universo e não por conta das suas próprias ações ao longo da vida, elas travam o seu próprio desenvolvimento.

Carol Dweck, psicóloga e doutora da Universidade de Stanford, especialista internacional em sucesso e motivação e pioneira no estudo sobre desenvolvimento pessoal e personalidade, chama isso de mindset fixo. As pessoas acreditam que são assim e deu, não dá para mudar.

Só que essa visão está completamente equivocada, e ela provou isso em seu livro “Mindset: a nova psicologia do sucesso”, ao analisar como as pessoas lidam com o fracasso. Aquelas que alcançam o sucesso, em vez de acreditar que as suas qualidades são imutáveis, elas acreditam que podem desenvolver novas habilidades ao longo da vida. São essas pessoas que possuem um mindset de crescimento.

Por isso, para passar por processos de mudanças, é necessário ter esse tipo de mindset, ou mentalidade. É entender que você tem o poder de assumir as rédeas da sua vida, que é você quem está no controle e que você pode – e deve – usar momentos de crise e de desafios como trampolins para o seu crescimento pessoal e profissional.

Mas, lembre-se: apenas a vontade de mudar não é o suficiente

Como Benjamin Hardy cita em seu livro “A força de vontade não funciona”, querer mudar e se adequar a algo está longe de ser o suficiente. Você precisa criar ambientes que favoreçam essa mudança.

Por exemplo, quer parar de fumar? Então não frequente lugares que o estimule a acender um cigarro. Quer emagrecer? Comece a evitar almoços em locais com variedades enormes de sobremesa, ou comece a fazer comidas mais saudáveis em casa. Quer ser mais produtivo no trabalho? Então ative o “não perturbe” no seu celular, ou estipule horário para acessar suas redes sociais, ou ainda adote metodologias ágeis no seu dia a dia.

Perceba que não é apenas a força de vontade que vai fazer você alcançar seus objetivos, sejam eles quais forem. O importante é criar um ambiente propício que te possibilite ir fazendo pequenas mudanças. Pequenas, porém muito significativas.

Esse ensinamento pode se estender também para toda sua equipe de trabalho. Se você começa a fazer pequenas mudanças no seu dia a dia, isso vai acabar influenciando as pessoas a seu redor também.

Por isso, o perfil ideal para superar processos de mudanças é aquele do mindset de crescimento, que não tem medo de mudar e que está sempre disposto a aprender. Sem medo e sem mimimi.

Deivison Pedroza – Investidor / Conselheiro / CEO / Palestrante

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp